List

Negócios inovadores explicam por que deixam seus funcionários assistirem aos jogos do Brasil: para eles, a motivação gera melhores resultados.

A cada quatro anos, a mesma cena se repete em muitas empresas: sorrateiramente, funcionários abrem páginas de internet ou tiram seus celulares do bolso para conferir o resultado dos jogos da Copa do Mundo. Especialmente nos jogos da seleção brasileira, tanto a empresa quanto os próprios empregados têm a certeza de que serão menos produtivos.

Os estudos científicos comprovam tal percepção. De acordo com uma pesquisa da empresa de recrutamento especializado Robert Half, o rendimento irá cair para 46% dos entrevistados nos dias em que o Brasil estará em campo. Nos dias em que a seleção brasileira irá jogar, o número de faltas também deve aumentar, para 19% dos entrevistados.

Segundo três startups ouvidas por EXAME, a melhor maneira de combater a falta de trabalho durante as partidas é ficar no mesmo time dos funcionários. Para isso, as ações vão desde churrascos e festas juninas na própria empresa até a distribuição dos próprios produtos do negócio para assistir ao jogo do Brasil contra a Sérvia na Copa do Mundo de 2018, que será realizado às 15h.

O resultado esperado? Sem grandes investimentos, os funcionários ficam mais felizes com a empresa – e mais produtivos, assim que a febre do futebol passar.

Churrasco, festa junina e brindes

O espaço de coworking Plug planeja desde abril deste ano as ações relativas à Copa do Mundo 2018. “Consideramos que nossos residentes passam a maior parte do tempo trabalhando, e que poderíamos aliar a Copa ao nosso propósito de fomentar conexões”, conta Quitério Melo, diretor de vendas da Plug.

Na unidade de Pinheiros (São Paulo), com 200 pessoas, será organizado um churrasco com chopes hoje. Parceiros como O Pico, responsável pela carne, e Sterna Café, responsável pela bebida, farão promoções especiais como a de chope em dobro.

Espaço de coworking Plug prepara evento com churrasco e chope para a Copa do Mundo de 2018 (Plug/Divulgação)

Com a ideia de fazer seus residentes não precisarem sair do coworking para assistir à partida de Brasil contra Sérvia, a Plug incentivou membros a trazerem amigos e familiares e torcerem não só com a própria empresa, mas com residentes que tenham outros negócios. “Nosso objetivo é proporcionar momentos únicos às empresas residentes, atrair pessoas para conhecer o espaço e gerar networking.”

Ainda neste mês, a Plug fará outra ação de relacionamento entre seus membros. O coworking pretende pintar a calçada logo em frente à sede com o tema da Copa do Mundo 2018. Cada empresa escolherá um desenho diferente para executar, formando uma pintura colaborativa.

Na startup de organização de eventos Eventbrite, também não foram necessários grandes investimentos. O espaço de descompressão já existente na empresa – com mesa de pebolim e pingue-pongue, sofás e uma televisão – será usado para transmitir os jogos da seleção brasileira e para, ao mesmo tempo, fazer a tradicional festa junina anual da empresa.

É uma forma de integrar não apenas os funcionários, mas também dois executivos argentinos da startup de eventos que estão de passagem no escritório brasileiro.

Hoje continua valendo a mesma política de todas as sextas-feiras na empresa: trazer os pets está liberado. Os funcionários poderão escolher se assistem ao jogo de casa ou na própria startup, com os colegas de trabalho.

A Eventbrite possui 45 funcionários no Brasil e mais de 900 membros pelo mundo. Alguns jogos poderão ser transmitidos e assistidos junto aos funcionários que trabalham em outras partes do mundo, como Alemanha, Argentina, Austrália, Espanha e Londres.

Escritório da Eventbrite decorado para a Copa do Mundo de 2018 (Eventbrite/Divulgação)

A startup de alimentação saudável Liv Up encontrou na Copa do Mundo de 2018 uma forma de não apenas reforçar a cultura da empresa e integrar os funcionários, mas fazer com que os funcionários conheçam os lançamentos do negócio.

Escritório da Liv Up preparado para a Copa do Mundo de 2018 (Matheus Argentoni/Liv Up/Divulgação)

As atividades serão pausadas durante os jogos da seleção brasileira, utilizando projetores e televisores já existentes no escritório. A empresa investiu apenas na decoração e na disponibilização de pipocas e sucos aos seus 153 funcionários.

Além disso, a Liv Up irá aproveitar para apresentar aos membros sua nova categoria de petiscos secos, lançada nesta semana. Os funcionários poderão assistir aos jogos comendo castanhas e chips de legumes desidratados.

“Entendemos que a Copa é um dos maiores eventos esportivos do mundo e que, no Brasil, a cultura do futebol é muito forte. Aproveitamos então para divulgar nosso novo produto e criar momentos de interação, que fazem toda a diferença em nosso desempenho e em nossa convivência”, afirma Isadora Pimenta, diretora de pessoas e cultura na Liv Up.

Essas startups aprenderam uma lição digna de seleção de futebol: há horas de concentração, mas também há momentos nos quais é preciso descontrair. Os resultados dessa tática podem surpreender em campo – e nos escritórios.

Via: Exame.com

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

  Posts

1 2 3 23
outubro 25th, 2018

Startup para substituir Correios capta R$ 1,2 milhão pela internet

A Pegaki já fez mais de 20 mil entregas e possui 500 pontos de retirada. Negócio realizou sua segunda rodada […]

outubro 25th, 2018

A importância da inteligência competitiva no contexto digital

Você já ouviu falar em inteligência competitiva (IC)? Se está atento e acompanhando o buzz sobre temas como transformação digital e o […]

julho 27th, 2018

Fumsoft realiza evento sobre o Creative Startup

RoadShow será realizado no dia 3 de agosto, em Belo Horizonte No dia 3 de agosto, a Fumsoft vai realizar um RoadShow […]

junho 28th, 2018

Com churrasco e festa, startups mostram como motivar a equipe na Copa 2018

Negócios inovadores explicam por que deixam seus funcionários assistirem aos jogos do Brasil: para eles, a motivação gera melhores resultados. […]

junho 28th, 2018

É MEI? Veja o que você precisa saber sobre o novo sistema do governo

A partir da segunda quinzena de julho, as micro e pequenas empresas deverão aderir ao eSocial. Fique atento para saber […]

junho 28th, 2018

Estão abertas as inscrições para o II Congresso Internacional de Direito, Governo e Tecnologia

Nos dias 26 e 27 de setembro, será realizado, em Brasília, o II Congresso Internacional de Direito, Governo e Tecnologia. O […]

abril 10th, 2018

Evento de marketing digital reunirá especialistas internacionais em BH

Seminário Reload já está com inscrições abertas; evento trará a BH especialistas nacionais e internacionais Neste ano, o e-commerce nacional […]

abril 10th, 2018

She’sTech realiza evento sobre inovação disruptiva

Em 12 de abril, a comunidade que apoia mulheres no setor da tecnologia tem encontro para falar sobre inovação disruptiva; […]

abril 10th, 2018

Uber compra a Jump, startup de bicicletas compartilhadas

Acordo dá à Uber acesso às 12 mil bicicletas da Jump, espalhadas por 40 cidades de seis países Depois de […]

abril 3rd, 2018

Sustentabilidade: cientistas criam bactéria que come CO2 do ar

Criado em laboratório, microorganismo pode frear o aquecimento global ou mergulhar a humanidade numa era glacial A solução para o […]